Mar de Dentro

Para muitos, é a praia mais linda de Fernando de Noronha e até do Brasil. E subiu no pódium: segundo os internautas do site mundial de viagens TripAdvisor, a Baía do Sancho foi eleita a praia mais bonita do mundo. Não é a toa que tem a preferência do público. Mas para chegar nela e presenciar tanta beleza, o visitante deve ter espírito aventureiro…

Tudo começa com uma pequena caminhada. São pouco mais de 500 metros de trilha, percorridos numa passarela de madeira ecológica, construída pela Econoronha (concessionária dos serviços turísticos do Parque Nacional Marinho). O caminho é curto, porém não será rápido… Lá está o famoso Mirante Dois Irmãos, cartão postal da ilha. Depois de apreciar a vista e agradecer a oportunidade de estar ali, você, com certeza, vai tirar a foto que estará no álbum dos melhores momentos da sua vida…

E aí, é hora de seguir rumo à praia mais bonita do mundo, vencendo o maior desafio do caminho: os degraus!! Isso mesmo. A baía do Sancho fica 50 metros abaixo dali e é preciso começar a descida por duas escadas de metal fixadas dentro de uma fenda rochosa, obra da natureza. “É como se fosse uma bolha de ar no meio da rocha para dar passagem aos visitantes. O espaço é tão pequeno que só passa uma pessoa, então, é preciso descer devagar e com pouca sacola”, adianta Tuca.

Vencidos os 35 degraus de metal, é hora de enfrentar a escada criada pela
natureza: mais 150 degraus esculpidos na rocha. A boa notícia é que há um cabo de aço para apoio das mãos e dali já se pode avistar o mar,
então, a descida é muito mais prazerosa. E aí, prepare-se: se a escada tirou seu fôlego, você vai perdê-lo de vez ao pisar na areia e dar de cara com o Sancho!

Areia branca, emoldurada por um paredão de falésia com vegetação nativa… E água bem clarinha, a ponto de você enxergar o seu pé enquanto caminha. Por isso que mergulhar no Sancho é sempre um espetáculo: você poderá conhecer a riqueza do fundo do mar de uma maneira inesquecível. A transparência da água faz parecer que a areia do fundo está logo ali, ao alcance da mão; mas poucos conseguem vencer a profundidade, com média de seis metros. Mas não se surpreenda se você colocar a máscara, o snorkel e sair batendo perna, com a sensação de que sempre viveu naquele pedaço do paraíso… Para aqueles que dispensam essa parte da aventura, não tem problema – também é possível mergulhar no Sancho chegando de barco …

Se você for na época de chuva…

Vai ter a sorte de também tomar um banho de cachoeira… Duas cachoeiras se formam a partir da água da chuva.

Aproveite a viagem!